Vitamina de Banana

setembro 7, 2009

Misancene ou mise-en-scéne

Filed under: Cães, Cotidiano — Tags:, , , , , , , , — drinha @ 2:21 am

Ser ou não ser...Um amigo meu me apresentou essa palavra misancene (aportuguesando) ou mise-en-scéne. Eu nunca tinha ouvido falar nesse termo até que ele me apresentou em diversas situações do dia-a-dia…  Vamos ao significado: na linguagem teatral, é a disposição de cenários no palco e por extensão do sentido significa “cena, fingimento, simulação”. Em outras palavras, encenação.

A partir deste momento não vou falar de teatro e sim de vida real. Algo que percebo são que as pessoas vivem encenando o tempo inteiro ou senão quase o tempo todo.  O pior é que muitas vezes temos que fazer cara de paisagem e fingir acreditar no misancene.

No ambiente corporativo é onde mais encontramos esses misancenes. Quantas vezes vimos profissionais que não são nem metade daquilo que se dizem ser. Num primeiro momento o misancene convence, mas depois de um tempo vemos a realidade. Sabe aquela história, você me conta uma mentira e eu finjo que acredito. É por aí…

Fato verídico, onde não digo o santo somente o milagre. Um determinado profissional deu o sangue pela empresa e não foi reconhecido e se sentiu magoado por isso. Chateado procurou novos horizontes. No penúltimo dia da sua saída disse: “Não desejo mal a ninguém, mas quero que se exploda…” Rimos e tal…

Mas no dia seguinte veio com o misancene,  “mostrando-se” interessado no andamento do projeto, e quando na brincadeira foi perguntado pelas mesmas pessoas que riram no dia anterior, o porquê dessa preocupação no último dia, responde em alto e bom som para o cliente ouvir: “Temos que ser profissionais até o final…”

Está errado? Não, não está… Mas o misancene foi demais… Pera lá, um dia antes queria que tudo se explodisse, no dia seguinte fazendo cena de precupado. Ah! Dá licença!!!

Isso foi um dos exemplos, mas tem muitos outros. Para manter o emprego, mesmo falando mal do chefe está lá fazendo misancene e por aí vai. Muitas vezes acho que estou errada por não querer esse papel. Mas estou começando achar que é assim que as coisas funcionam.  E não é só no mundo profissional não, na cinofilia então… Vixe Maria… Conheço um cara que fala mal de uma dúzia de gente, esperneia, faz e acontece tudo via fórum, mas quando está no téti-a-téti, o misancene rola solto… Ahhhhhhh! Pelo amor de Deus, né?

E a política do nosso país ? É misancene puro minha gente… Eu nem preciso comentar…

Por isso que quanto mais conheço as pessoas prefiro os meus cães… Existem até pequenos momentos que eles fazem misancene comigo, mas mesmo assim são mais sinceros… Não acreditam? Pois bem, um exemplo foi quando a Linda, minha beagle preferida, na casa de praia numa rua sem saída, foi para o portão da garagem (ferro com uns 10 cm da altura do chão) por um descuido e partiu para cima do cão da outra casa da frente, o cão conseguiu dar uma beliscada na pata dianteira da Linda, nesse momento eu ja estava chamando a atenção dela… Quando ela viu que o negócio ia ficar feio, saiu mancando de volta para a nossa casa… Nem dei atenção e 1 minuto depois estava andando normal. Foi misancene ou não foi?

Anúncios

agosto 12, 2009

O motorista “educado” – fato verídico

Filed under: Cotidiano — Tags:, , , — drinha @ 12:03 pm

Meu marido(Bruno) e eu querendo pegar um ônibus que fosse para Vila Isabel…

Ele faz sinal para o ônibus e pergunta ao motorista…

Passa na 28 de setembro ?

Boa noite – diz o motorista…

Passa na 28 de setembro ? – Bruno repete a pergunta

Boa noite – repete o motorista num tom de voz de protesto da “falta de educação” do meu marido…

Finalmente…

Boa noite! Passa na 28 de setembro?!?!?! – diz meu marido percebendo que ele não ia responder enquanto ele não dissesse o bendito “Boa noite”…

O motorista responde que sim e entramos no ônibus… Assim que sentamos, eu e Bruno comentamos que o motorista não estava errado e tal, mas não precisava ser prolixo…

…5 Minutos se passam…

O semáforo ficar verde, e um carro parado na frente lerdando…

O motorista esbraveja:

Po##@ ! P*%@ que P@#@@ !

Cadê a educação ? A polidez?
Nós nos entreoalhamos e rimos… Hahahahahahaha

P.S.: Em outras situações no decorrer da viagem ele ficou p@%# com o trânsito que estava tranquilo…

Blog no WordPress.com.